Protese Capilar Masculina – Paliativo ou Solução?

0
2289

Ao darem-se conta que a calvície aumenta e não podendo impedir esse processo genético e hormonal, muitas pessoas sofrem um choque na sua autoestima. O que elas não sabem é que hoje é possível ter cabelo de novo, seja através de um processo mais natural como o transplante, bem como através de um implante capilar. A avaliação de opção entre protese capilar masculina e implante de cabelos deve ser feita por um profissional qualificado da área. Conheça agora como funcionam estes métodos.

O que é protese capilar

Protese Capilar

A protese capilar é uma solução estética não-cirúrgica para calvície cujo avanço das técnicas tem proporcionado resultados agradáveis e naturais. As técnicas de próteses capilares mais modernas utilizam cabelos implantados fio por fio em película especial que é fixada na parte calva da pessoa.

Uma protese capilar de qualidade é feita sob medida com a cor, densidade, padrões de ondulação e textura natural do cabelo do usuário, o que torna a transição entre os cabelos imperceptível. As próteses capilares mais avançadas também permitem versatilidade no penteado do cabelo.

A protese capilar apresenta como vantagens ser um método mais simples, não-cirúrgico e que não requer tratamento. Além disso, a prótese capilar e de rápida implantação, com a sua aplicação geralmente durando em torno de duas horas e é indolor.

Protese Capilar vs. Implante de Cabelo

Protese Capilar
Procedimento de Implante de Cabelos

Com relação ao transplante capilar, é certo que os bulbos pilocebáceos retirados da zona doadora do couro cabeludo não são infectados pelos hormônios masculinos como são nos casos de calvície androgenética como os da parte superior da cabeça, mas para retirar o mesmo requer uma cirurgia que deixara uma cicatriz por toda sua vida e diminuirá a outra zona.

Somando isto, se apoiarmos nossa mão na nuca onde temos cabelos e colocarmos na parte superior da cabeça jamais poderia cobrir a parte desprovida de cabelos, é dizer que por mais cabelos que retirarmos da zona doadora ainda assim não cobriríamos a área doadora.

Quem faz um implante nunca ficara com muito cabelo e jamais poderá raspar a cabeça novamente e nunca poderá dizer que tem aparência de uma pessoa potencialmente calva, e pior que isto é que este pouco cabelo é permanente e não terá um volume satisfatório a sua necessidade.

Não encontrara sua imagem desejada e ainda poderá observar as cicatrizes da operação no couro cabeludo e a sensibilidade ao tato dolorido. A relação custo e benefício não vale a pena para quem tem que fazer até 04 sessões dependendo da área calva.

Qual é a diferença entre próteses capilares e perucas?

Não existe uma definição “oficial” dos termos que permita diferenciá-los a 100%. Aparentemente o termo “prótese capilar” surgiu para permitir que pacientes que tivessem a perda de cabelo como consequência de uma doença, acidente ou tratamento pudessem classificar os gastos com estes objetos como despesas médicas, e conseguir que elas fossem cobertas pelos planos de saúde.

Algumas pessoas defendem que a peça só é uma prótese se for utilizada nesse contexto médico. Outras indicam que a diferença é que a peruca fica presa na cabeça apenas com elásticos ou grampos, por exemplo, enquanto que a prótese capilar é aderida à cabeça da pessoa com adesivos ou cola específica, o que permite que a pessoa possa praticar qualquer desporto, até mesmo natação e/ou tome banho sem precisar de retirá-la.

Uma terceira opinião é a de que a prótese pode ser feita para cobrir áreas menores da cabeça, de acordo com a necessidade da pessoa, enquanto a peruca é sempre uma peça que cobre a cabeça inteira.

Vantagens e Desvantagens das Próteses Capilares

Como vantagens temos:

  • É possível a todos os casos de calvície definitivos ou de médio/longo prazo (como alopecia androgenética, alopecia areata, alopecia cicatricial, eflúvio telógeno, tricotilomania e pacientes em tratamento quimioterápico);
  • O resultado é imediato;
  • O preço é menor do que o de um implante capilar, ou seja, implante capilar cirúrgico;
  • Apesar de não ser definitiva, é uma solução de duração prolongada;
  • Permite que a pessoa realize todas as atividades do seu dia-a-dia sem restrições (como praticar desporto, entrar na piscina ou no mar, tomar banho, dormir e prender os cabelos);
  • Não é um procedimento cirúrgico;
  • Não tem contra indicações (salvo em casos de alergia a algum dos materiais utilizados, o que é raro, visto que os componentes da maioria das próteses e produtos de manutenção são hipoalérgicos);
  • Caso o resultado não seja satisfatório, o procedimento é totalmente reversível.

Desvantagens:

  • Requer manutenção periódica;
  • Alguns modelos de maior qualidade e com resultados mais naturais costumam ser mais caros.

 A Protese Capilar pode parecer muito artificial?

Se a protese capilar for de boa qualidade, e a aplicação for feita de maneira correta e cuidadosa, o resultado é extremamente satisfatório. Existem opções bastante naturais e com acabamentos excelentes.

 Quais os tamanhos disponíveis?

Protese Capilar
Alguns Tipos e Formas de Proteses

Pode pedir a fabricação de uma protese capilar sob medida própria para si, ou comprar uma peça pré-fabricada. No primeiro caso, o/a profissional que irá produzir a sua prótese vai tirar as medidas da sua cabeça (ou da área específica que precise de cobertura) e ela será confeccionada do tamanho que precisar.

Entre as pré-fabricadas, os modelos mais comuns são os que cobrem só o topo da cabeça, compensando o padrão predominante de calvície masculina, e os que cobrem totalmente o couro cabeludo. Algumas peças permitem que recorte a base no formato que quiser, adaptando o modelo à sua necessidade.

 O cabelo é natural ou sintético?

O mais comum atualmente é o modelo com cabelos naturais (preferido por ser mais duradouro e ter um resultado estético mais agradável), mas existem peças com cabelo sintético também (que costuma ser mais barato que o cabelo natural).

 De que material a base é feita?

Protese Capilar
Geralmente a base é feita de tela e/ou micro pele

Dois materiais são normalmente utilizados na confecção da base: telas e/ou micro pele.

As telas são tramas parecidas com um tule bem fino, que se “camuflam” em contato com a pele da pessoa da prótese e, quando bem aplicadas, ficam praticamente imperceptíveis. Além do resultado estético, as telas permitem a ventilação do couro cabeludo da pessoa, que pode inclusive ser lavado enquanto a prótese está fixa na cabeça.

Alguns modelos de tela têm tramas mais abertas, que permitem que o cabelo da pessoa passe pelas aberturas e fique misturado ao cabelo da prótese, criando um resultado ainda mais natural.

Transparentes ou cor de pele, as telas costumam ser feitas de nylon ou poliéster. O material mais resistente é o chamado monofilamento, normalmente utilizado no topo da prótese, que permite que o cabelo seja partido em qualquer segmento mantendo a impressão visual do couro cabeludo completamente exposto.

Já as mais delicadas são chamadas de lace, e seu uso mais comum é como acabamento nas bordas da prótese, principalmente na frente, onde alguns modelos criam uma simulação dos fios menores e mais finos que crescem no limite da chamada linha de implantação dos cabelos.

A micropele é uma película fina e transparente, normalmente feita de silicone, que fica aderida ao couro cabeludo da pessoa. Ela é bem mais resistente que as telas, e portanto costuma durar mais e fixar com mais segurança os adesivos, mas também é mais evidente que elas, apesar de apresentar um bom resultado estético.

Grande parte das próteses parciais utiliza base de micro pele. Alguns modelos são micro perfurados para possibilitar a ventilação do couro cabeludo, mas ainda requerem que as peças sejam removidas com alguma frequência, para higienização da cabeça e da prótese.

 Quanto tempo dura uma peça?

De modo geral uma prótese costuma durar de 6 meses a 2 anos, mas este tempo pode ser maior ou menor, dependendo principalmente da qualidade e resistência dos materiais utilizados na confecção da peça e do respeito à rotina de cuidados e manutenção por parte da pessoa.

 Eu preciso retirá-la todos os dias?

Não. Os modelos que são aderidos ao couro cabeludo com adesivo ou cola especial podem ser usados por períodos contínuos de até 20 dias (esse tempo varia dependendo do material utilizado na base da prótese e do tipo de cola ou adesivo). Ao fim de cada período a peça deve ser retirada para remoção do adesivo antigo e limpeza da prótese e do couro cabeludo, e pode ser reaplicada logo em seguida.

Eu posso pintar, alisar ou fazer algum outro tipo de alteração nos fios?

Depende do material. O estilo do cabelo sintético (cacheado, liso, etc.) normalmente é definitivo: mesmo se ele for molhado, depois de seco voltará a assumir o desenho original. As tintas para cabelos naturais também não costumam funcionar nos fios sintéticos. Geralmente eles não toleram muito calor, portanto o uso de secadores quentes, chapas e baby lis fica de fora (é preciso ter cuidado até com outras fontes de calor, como ao abrir um forno quente, por exemplo).

O brilho de alguns tipos de cabelo sintético é muito maior do que o de cabelos naturais, o que deixa a aparência um pouco artificial.

Já os fios naturais aceitam todos os tipos de tratamentos normais, apesar de exigirem alguns cuidados específicos: como o cabelo original já costuma receber coloração, relaxamentos ou permanentes para compor os diferentes tipos vendidos no mercado, o ideal é cuidar da prótese como se cuidaria de um cabelo bem delicado.

Se eu usar uma prótese parcial, o cabelo dela não vai ficar muito diferente do meu?

Não. Nesse caso vai adquirir uma prótese com padrão (cor, textura e densidade dos fios) similar aos seus cabelos naturais, e de comprimento um pouco maior do que o que irá usar. Em seguida um cabeleireiro especializado pode fazer o corte e os retoques necessários para que o cabelo da prótese fique igual ao seu cabelo autêntico, sem nenhuma divisão aparente entre os dois.

 É preciso raspar o cabelo?

Depende do modelo. Se a fixação for feita com cola ou adesivos, o ideal é que os pontos onde a prótese for colada tenham o couro cabeludo exposto. No caso de uma prótese parcial com base de micropele, por exemplo, os pelos que porventura cresçam na área de aderência devem ser raspados nas manutenções periódicas. Já no caso dos acabamentos frontais em tela (lace), por exemplo, o adesivo é aplicado imediatamente à frente da linha de nascimento dos fios, e portanto não é preciso raspá-los.

Uma peça que fica vários dias colada na pele não vai me causar fungos, irritações ou feridas?

Não. A maioria desses problemas é causada por pessoas que:

  • Não respeitaram os períodos de manutenção do seu modelo de prótese e ficaram com ela por mais tempo do que o recomendado, sem fazer a limpeza periódica da prótese e da cabeça;
  • Utilizaram produtos inadequados para aderir a prótese ao couro cabeludo (que podem causar alergias e irritações);
  • Não retiraram a prótese da maneira correta, com removedor de adesivo adequado (algumas pessoas não esperam o produto fazer efeito e forçam o descolamento da prótese, puxando e causando feridas na pele);
  • Aderiram a prótese a uma área que já se encontrava comprometida por fungos ou infecções (o que definitivamente é proibido e com certeza pode agravar o quadro inicial).

Onde posso comprar uma prótese?

É possível adquirir a sua prótese em salões e lojas especializadas, mas grande parte dos usuários compra suas peças pela internet, em lojas virtuais (nacionais e internacionais). Nos salões especializados é possível ver e manusear o produto antes de adquirir, ou até solicitar uma prótese feita sob medida para você, mas na internet a variedade de produtos é maior (e geralmente os preços são menores).

Neste artigo você pôde conhecer alguns dos métodos que minimizam o mal-estar que a calvície provoca. Além destas alternativas apresentadas neste artigo, você poderá encontrar medicamentos como alternativa.

Mas o que certamente você não sabe, é que existe uma outra forma de ter seus cabelos de volta sem sofrer com cirurgias, usar medicamentos ou outros métodos paliativos.

Quero que você conheça um Programa de Restauração dos Cabelos essencialmente natural, e que comprovadamente já conseguiu fazer com muitas pessoas passassem a ser mais felizes, pois puderam observar o retorno dos seus cabelos. Conheça agora este método abaixo:

Protese Capilar

Portanto, temos ai uma solução maravilhosa para trazer sua felicidade e auto estima de volta. Não perca mais tempo, conheça o Programa de Restauração Capilar idealizado de forma totalmente natural e de alto rendimento para sua saúde em geral. Experimente já.

 

Compartilhe

Responder

Please enter your comment!
Please enter your name here

12 − oito =