Transplante Capilar – O Que é e Como Funciona Isto?

0
1211

Ao contrário do que muitos pensam, o transplante capilar é uma medida de saúde, não somente estética.

Afinal, todos nós temos uma necessidade de estarmos bem com nossa autoestima em sua totalidade, e num mundo de aparências, ser vaidoso não é só mais uma característica feminina, como já foi por muito tempo. É um problema que pode ser genético, e se manifestar na saúde emocional de quem sofre desse mal, pois afeta a autoestima, de homens e mulheres (minoria).

Implante ou Transplante Capilar?

Transplante Capilar

Apesar de muitas pessoas acharem de que se trata do mesmo método ou procedimento cirúrgico, há uma grande diferença entre estas duas técnicas.

É muito fácil de entender e diferenciar:

Transplante capilar

A técnica consiste em implantar no couro cabeludo fios retirados da própria pessoa, isto é, o doador é o próprio receptor. As raízes são retiradas de uma área mais densa e transplantadas para a área a ser corrigida.

Implante capilar

A técnica consiste em implantar no couro cabeludo fios produzidos de forma artificial, com material sintético, isto é, o doador não é o próprio receptor.

  • O que é o Transplante Capilar?

Também conhecido como autotransplante capilar, o transplante é a retirada fios da própria cabeça onde há menos incidência da calvície, onde os folículos são transplantados para região onde está menos saudável.

A calvície androgenética, também conhecida como hereditária é provocada por uma mudança hormonal da Testosterona, conhecida como DHT, os fios reduzem sua espessura e dá a impressão de que os fios caem, mas há divergências entre a calvície e a queda de cabelo, embora estejam relacionadas.

  • Como é o procedimento: realizando o transplante capilar

A seguir que é dado o início da intervenção cirúrgica, é aplicada uma anestesia local e dura em média duas horas, mas, depende principalmente da quantidade de cabelo que precisa ser transplantado. Há dois métodos principais, e já geraram polêmicas acerca de sua eficácia e resultados.

Transplante Capilar

Procedimento inicial para transplante capilar

Segundo especialistas em entrevista dada ao site Minha Vida os especialistas na área afirmam que basicamente a diferença entre os procedimentos é a maneira como são retirados os folículos para inserir através de microfuros às unidades prontas para a região afetada.

FUT: Há a maneira mais tradicional, o FUT (sigla do Inglês para Extração de Unidades Foliculares), que deixa uma pequena cicatriz, pois retira-se uma faixa mais extensa de cabelo de uma região de trás da nuca com o auxílio de um bisturi, e o fio é extraído em sua dimensão original, por isso é chamado também de técnica do fio longo, e então, é dividida nos respectivos fios. É possível nos primeiros meses haver uma sutil cicatriz linear provocada pela incisão.

FUE: Já também a maneira mais recente, a FUE, que retira diretamente do couro cabeludo, das regiões que não sofrem com a perda capilar, como as laterais e parte traseira, e então, são inseridos nos microfuros receptores das regiões afetadas, e são abertos no couro cabeludo com espessura média de 0,80 mm. Esse processo destaca-se pois as cicatrizes são menos evidentes, o pós cirúrgico é menos doloroso e por isso, é considerado menos invasivo.

Até duas horas depois a pele vai estar extremamente sensível e pode haver inchaço e dor no local, que se estendem por dois dias no máximo.

  • Quando fazer o  Transplante Capilar

Se você é um homem que sofre com problema de queda de cabelo e calvície, essa é a solução mais rápida e ágil, exceto caso você sofra de perda de cabelo difusa, forma que se assemelha a perda dos fios que as mulheres sofrem, uma perda mais distribuída pelo couro cabeludo, provocando uma escassez de fios.

Segundo pesquisas sobre a perda de cabelos, o American Hair Loss, observou que a calvície masculina ocorre com maior frequência quando há uma predisposição genética que provoca a inibição do cabelo na região frontal e central da cabeça, enquanto que as partes laterais e traseiras são os locais de extração para o transplante capilar.

Essas regiões não garantem um crescimento efetivo pois esse fio pode ser tão sensível como a DHT, o cabelo perdido no topo da cabeça. Isso explica porque nem sempre é possível garantir que um transplante de cabelo para uma mulher seja 100% eficiente.

  • Primeira consulta

Após uma análise minuciosa, utilizando um aparelho chamado de Densitometer.T, que obtém informações precisas sobre as regiões de maior níveis de perda de cabelo que pode acontecer ao decorrer do tempo.

Antes de iniciar, certifique-se de qual o melhor método para o procedimento cirúrgico e seus riscos associados. Cabelos mais densos são os mais indicados para a realização do mesmo.

Sugira ao seu médico estimar um cronograma para acompanhar o processo e possíveis intervenções necessárias.

  • Resultado final

As duas semanas seguintes são um processo importante para uma recuperação saudável e um resultado eficiente, por isso, durante esses dias é imprescindível evitar exposição ao sol, piscina e atividades físicas intensas, afinal, a região fica sensível devido aos microfuros das agulhas para o implante capilar.

Os resultados variam conforme o organismo de cada um, mas em geral, os transplantes capilares dão seus primeiros resultados em torno do terceiro mês, estimativa segundo o Centro de restauração de cabelos de Utah, mas somente após 10 a 12 meses a mudança é muito significativa, embora o cabelo transplantado continue crescendo sem precisar de uma manutenção.

O efeito desejado é alcançar uma aparência mais natural possível, para que não fique evidente a intervenção e claro, sem comprometer a região de onde foi extraído o cabelo implantado.

Transplante Capilar

O Antes e o Depois do do Transplante Capilar

Quanto custa um Transplante Capilar?

O transplante capilar é um procedimento cirúrgico muito minucioso, que requer atenção total do cirurgião e de toda a equipe dele. Por incluir internação hospitalar, mesmo que breve e a mobilização de anestesista, enfermeiros e instrumentadores, devemos perceber que não pode se tratar de um procedimento de baixo custo.

Tenha sempre em mente a qualidade do serviço que a clinica vai oferecer, pois aqui cabe bem o ditado “o barato sai caro”. Além dos riscos à saúde, procedimentos muito abaixo dos valores de mercado vão comprometer o resultado final e tenho certeza que que você vai querer ter o melhor resultado possível. Não são raros os casos de pessoas que tem que refazer a cirurgia, tendo novas despesas e tornando a conta final muito mais cara. Isto ainda quando é possível reverter a situação, pois muitas vezes a cirurgia fica tão ruim que o dano é irreparável.

Para você ter uma estimativa inicial os valores podem variar de R$ 5 a 15 mil, dependendo da clinica. Como todo o procedimento cirúrgico estético, tudo vai depender da clinica, do hospital e do renome do cirurgião.

Então se você realmente for realizar este procedimento, aconselho pesquisar bastante e realizar várias consultas iniciais, até que você se sinta seguro e pronto para a cirurgia.

Este vídeo que achei vai fazer você entender muito bem como é o procedimento.

Use a tecnologia a seu favor e conheça seu corpo melhor, pesquise e investigue quais são suas necessidades e como supri-las.

Se você gostou deste artigo e se ele foi útil para você, não deixe de compartilhar com seus amigos e familiares. Este artigo pode ajudar outras pessoas, assim como deve ter te ajudado.

Também deixe seu comentário sobre o que achou do artigo. Com certeza você também vai poder ajudar mais pessoas compartilhando suas experiências.

Compartilhe

Responder

Please enter your comment!
Please enter your name here

1 × 1 =